Buscar

Mas o que Significa “BIG DATA“

Atualizado: Ago 31







As empresas, seguindo as tendências tecnológicas e para estarem na vanguarda em seus negócios, têm se deparado com o termo: “Big Data”. Mas a verdade é que entender este conceito e como utilizá-lo para tomar as decisões certas, é um grande desafio.

O “Big Data” é uma ferramenta da era da Informação que permite a análise e a interpretação de grandes volumes de dados de forma mais ágil. Assim, através das informações avaliadas, é possível ter insights das decisões relevantes a serem tomadas como, por exemplo, definir estratégias de marketing, aumentar a produtividade, reduzir custos etc.

Essa ferramenta foi feita para lidar tanto com os dados estruturados quanto com os dados não estruturados. Quando falamos sobre dados não estruturados entendemos que estes só poderiam ser analisados por humanos, ao passo que os estruturados possuem regularidade entre si e, portanto, poderiam ser facilmente colocados em uma tabela de excel, por exemplo.

Assim, o “Big Data” possui em sua estrutura um banco de dados flexível capaz de aceitar diferentes tipos de mídias e informações, que crescem exponencialmente, em reduzido tempo. Seus principais aspectos são definidos pelos chamados “5V’s”, que seriam: Volume, Variedade, Velocidade, Veracidade e Valor.

O volume, a Variedade e Velocidade referem-se a grande quantidade de dados analisados, os diversos tipos de dados examinados e a velocidade em que esta inquirição ocorre.

A Veracidade tem conexão com a confiabilidade desses dados. As fontes e a qualidade dos dados devem ser checadas e verificadas para não induzirem a análises equivocadas.

Enquanto que o Valor refere-se ao montante que será investido pela empresa para a utilização desta ferramenta, bem como uma análise quanto a utilização desta última, tendo em vista a viabilidade entre os benefícios e soluções trazidas pela ferramenta, frente a realidade econômica da empresa.

É importante destacar que a utilização do “Big Data” na análise dos dados buscará encontrar padrões comportamentais para monitorá-los. Havendo alguma alteração nesses padrões, será possível responder de forma rápida e eficaz.

Deste modo, as empresas que utilizam esta ferramenta podem realizar as intencionais negociais dos clientes, antes mesmos que eles solicitem. É o que ocorre, por exemplo, nas sugestões de compras no site da Amazon ou as recomendações de serviços realizados pelo Netflix.

Percebe como este assunto é importante para a sua empresa? Uma ferramenta capaz de avaliar as transformações digitais e trazer benefícios para seu negócio é uma pequena fatia do que o universo digital é capaz de realizar.


Autor: RS EDITORIAL

contato@santanaadv.com.br

CAP-YOUTUBE-RS-ADVOCACIA-[Recuperado].pn
  • LinkedIn RS Adv
  • Facebook RS ADV
  • Instagram RS Adv

Portal de Notícias 

Deixe seu e-mail para receber nossas notícias em tempo real! 

  • 3
  • Facebook RS ADV
  • Instagram RS Adv